Seminario Foto Antiga

Quem está em linha

Temos 65 visitantes em linha

Faltam padres na Igreja portuguesa, situação que tem vindo a agravar-se nas últimas décadas. O problema não é exclusivamente português, mas afecta todo o ocidente europeu. Em Portugal, existem cerca de mil paróquias sem sacerdote residente. Vila Real é uma das que contribui decididamente para engrossar este número. Há na diocese 264 paróquias, 73 têm pároco próprio, 10 estão entregues a uma ordem religiosa e 181 não têm sacerdote residente. Tal quer dizer que a diocese tem apenas 138 sacerdotes.


D. Amândio Tomás, Bispo de Vila Real, procedeu a uma reorganização pastoral da diocese, procedendo, entre outras, às seguintes nomeações:
- Vice-reitor do Seminário de Vila Real: dr. António Abel Rodrigues Canavarro;
- Superior do Seminário Menor: padre João Baptista Gonçalves Curralejo;
- Prefeito do Seminário Menor e director do Pré-Seminário: padre Pedro Luís Vilela Ribeiro;
- Prefeito do Seminário Menor e Vigário Cooperador da Paróquia da Sé: padre Hélder Duarte Sineiro Libório;
- Director Espiritual do Seminário Menor e Director do Centro Católico de Cultura: padre Manuel da Silva Coutinho;
- Director das Casas Diocesana e do Clero, chefe da Casa Episcopal e Capelão da Igreja do Carmo e ecónomo do Seminário: padre António Paulo de Sousa Rodrigues.

Foram nomeados, confirmados ou desligados vários párocos das freguesias diocesanas.

Novos contactos

Pedimos a v/atenção para de futuro ser usado o mail de
Joaqum Ribeiro Aires ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ) para qualquer assunto relacionado com esta Página e com a AAASVR.
Oportunamente daremos mais pormenores

A Direcção

Excelência Reverendíssima D Joaquim
Reverendos Padres
Senhoras e Senhores
Amigos, Companheiros ou Camaradas

Em nome da Direcção da Associação dos Antigos Alunos do Seminário de Vila Real, congratulo-me com a vossa participação em mais uma reunião anual, sintoma de que a nossa passagem pelo seminário, não foi em vão e de que todos, os que partilhamos os espaços do SEMINARIO nos primeiros anos da nossa vida académica, sentimos o orgulho dos princípios básicos aqui adquiridos e que muito contribuíram para a postura que cada um de nós adoptou ao longo do nosso percurso de vida, tanto na família, como na profissão e no meio sócio cultural onde viveu
Cada um dos nossos convívios é uma homenagem ao nosso Seminário e as Pessoas que aqui possam ser lembradas são-no não como um hino ou louvor da personalidade mas como resultado da influência que o SEMINARIO, viveiro de gente simples teve na sua ascensão a personagens de destaque na vida social.
É minha firme convicção, que essas posições de relevo, resultaram da aplicação no dia a dia dos princípios básicos de organização de trabalho, de disciplina, de honestidade de pensamento que aqui assimilámos e que posteriormente se limitaram a colocar em prática no seu múnus e vivencia
Resultaram os êxitos , em grande parte , graças ao sémen formativo da personalidade, aqui recebido!
Foi essa semente aqui germinada que deu os frutos porque a estufa era propiciadora a tal
Muito do que somos devemos ao Seminário
E isso nenhum de nós o renega!
Regozijo-me, em nome da AASVR, com a entrega da Liderança do Governo da Nossa Diocese ao nosso querido Colega e Companheiro de Juventude - D Amândio Tomás-, gente da nossa casa, gente da nossa Terra....
Será a prova provada que Santos da Casa também podem fazer milagres e a negação do princípio de que ninguém é profeta nem bem recebido na sua própria terra!
Ao Nosso Caro D Amândio, doravante nosso Pastor e Guia, ausente por motivos do seu múnus apostólico mas presente em espírito, a AASVR afiança que, quais cavaleiros da Távola Redonda, será seu escudo e cúmplice na caminhada há muito esperada e que agora lhe foi conferida, sempre com lealdade, rectidão e oferta dos seus parcos préstimos!
D Amândio, Deus deu-lhe a Diocese onde nasceu para governar...A missão é difícil, mas são as missões difíceis que fazem realçar os valores dos grandes Homens
A Associação da AASVR estará consigo, para o ajudar a carregar a pesada cruz
São difíceis os tempos de hoje, mas juntos venceremos!
Coadjutor do nosso Querido D Joaquim desde 2008, a quem sempre foi fiel e leal acaba de ver serem escancaradas as portes de acesso ao governo da Diocese pelo mesmo D Joaquim que após ter passado por período crítico na sua vida terrena, resignou ciente de que a sua cadeira tem o Bispo que Vila Real precisa e merece
D Amândio é gente da nossa casa ...Da casa de que fazemos parte também todos quantos por aqui passámos, acredite que pose contar connosco !
Olhando o nosso percurso comum não posso deixar de lembrar, com saudade, D António Valente da Fonseca, D António Xavier Monteiro e D António Cardoso da Cunha, administradores e granjeadores da seara plantada nesta casa e da administração apostólica da Diocese de Vila Real
Todos os colegas que, nas mais diversas missões na terra, colheram o sémen ou a seiva neste nosso velho casarão, o nosso ditoso alfobre comum que muito contribuiu para a nossa sociedade de hoje e que sempre estarão com o seu BISPO
Os tempos são de crise, muitas dificuldades e vacas magras
Mas é nestas alturas que nos devemos unir, dar as mãos ...
A Igreja tem que continuar atenta e vigilante e a AASVR será uma das suas sentinelas
As nuvens de tormenta que ameaçam a nossa sociedade prenunciando inversão se valores sócios culturais, dissipar-se-ão ou serão removidas porque, com tão sábio timoneiro adivinha-se um episcopado sábio e próspero, já que coragem e dinamismo não faltam ao NOVO COMANDANTE e pode contar sempre com a nossa disponibilidade para colaborar e apoiar na missão que Deus lhe confiou e saberá cumprir com distinção!
Felicito efusivamente o nosso querido D Joaquim Gonçalves, o nosso Bispo de Vila Real, afastado da governação por motu propriu para ceder a vaga ao empossado D Amândio
Ele que, ao longo de quase vinte e cinco anos de uma forma discreta mas atenta e interventora quando necessária, profícua e eloquente geriu os destinos da nossa Diocese
Nem a doença lhe tirou dinamismo e juventude...não se retira por falta de capacidade ou cansaço...mas por altruísmo, sentido de necessidade de dar vaga a um Bispo que ele conhece bem
E também tem direito a uma vida mais sossegada e descansada, o que aceita por saber que o cajado fica bem entregue
A Direcção da AASVR em nome de toda a Associação deseja-lhe muitos e longos anos de vida com muita saúde e afirma-lhe o muito apreço que tem por V Ex-a Reverendíssima, agradecendo toda a disponibilidade que sempre teve para a nossa Associação que também é sua
A AAASVR está-lhe grato D Joaquim, pela forma acolhedora com que sempre nos tratou cientes de que esta AASVR é também a sua Associação, porque os frutos do nosso seminário também resultaram da forma como foi cultivada a nossa massa humana, vinte e cinco anos sob a sua douta orientação.
Muitos de nós foram exclusivamente orientados por V Exa. Reverendíssima
Da parte da AASVR terá sempre Exa. reverendíssima o nosso afecto filial, o nosso apreço e a nossa veneração que achamos ser-lhe devida
Deus guarde V Exa. Reverendíssima PARA CONTINUAR A INTERVIR, SEMPRE QUE NECESSARIO E OPORTUNO,
Deus lhe de uma saúde férrea. E conte sempre com a nossa amizade
Está convidado, desde já, para o 20 de Maio do próximo ano
Mas neste dia, HOMENAGEAMOS o Seminário de Vila Real pelos frutos aqui recolhidos para a sociedade da sementeira aqui cultivada .pelo elevado número de cidadãos que nesta CASA formaram ao seu carácter e que na sociedade tiveram papel preponderante
Hoje como em anos anteriores é o terceiro sábado de Maio o dia do Encontro Anual dos Ex-Alunos do Seminário de Vila Real
Ano após ano, a AASVR homenageava uma personalidade da Casa para figurar na memória dos ex-alunos como paradigma de actuação profissional, por ter participado de forma diferenciada na vida da sociedade portuguesa
Era alguém com raízes a esta casa que, de maneira excepcional, contribuíra para o prestígio das ciências, das letras ou das artes; ou se destacara na sua actividade profissional, de maneira notável.
Dado o elevado número de Gente a destacar, optámos, este ano por homenagear o SEMINARIO evocando ex alunos que na sociedade se distinguiram na área da JUSTIÇA
Homenageamos os ex alunos hoje no limiar da reforma que servem ou serviram a JUSTIÇA como Juízes, como Magistrados do Ministério Público, Advogados, Juristas, Notários e Conservadores ou como Oficiais de Justiça ou funcionários de áreas com a Justiça correlacionadas
Assim, neste nosso encontro, lembramos que daqui saíram:
Quatro conselheiros do Supremo Tribunal da Justiça o topo da hierarquia judicial, os nosso caros amigos e distintos conselheiros
Manuel Fernando Granja Rodrigues da Fonseca e João José Martins de Sousa, Egrégios Conselheiros, ainda em exercício no Supremo Tribunal de Justiça
Gonçalo Xavier Silvano e Mário Rua Dias , conselheiros jubilados, todos com entrada neste Seminário na segunda metade da década de cinquenta do século passado
Os Venerando Desembargadores já jubilados
José Cláudio Afonso Machado e Costa, hoje com noventa anos de idade e que nos fez chegar ás mãos uma carta que passo a ler
Cesário Correia de Matos
David Pinto Monteiro e
Guilherme Pires Gonçalves
O também já jubilado o Sr Procurador da Republica e que exerceu funções na Inspecção Dr Avelino Afonso Gonçalves
Um punhado de ADVOGADOS que marcaram o seu campo com trabalho, honestidade e brio profissional
Manuel Joaquim Leal da Costa (Falecido)
Henrique José de Sousa Ferreira (Falecido)
João Baptista Cardoso
Manuel Pereira Barroso Jorge
Heitor Lino Baptista da Silva Peixoto
José Alves Carneiro
António Gonçalves da Cruz
João Granja Rodrigues da Fonseca
Aníbal dos Santos Ferreira
Amílcar Fernandes
Domingos Dias Batista
António Pinto Fraga
Normando Valongueiro Machado
Manuel de Jesus Carvalho de Matos
José Augusto Macieirinha
Carlos do Nascimento Girão
Manuel de Jesus Martins Borges
e outros haverá ainda mas não localizados pela Direcção
Também na área da Justiça de depois no Notariado
João Gonçalves Moreira da Silva
e não podemos esquecer entre os Oficiais de Justiça e das Conservatórias
Amável Cardoso Alves
António Gilberto Ribeiro Ferreira de Matos
António Queiroga dos Santos Valpaços e
Manuel Inácio Rodrigues

Todos os supra citados é gente da nossa casa que serve ou serviu a justiça de uma forma peculiar desempenhando o seu papel e as suas funções sempre norteados pelos valores da justiça, da verdade, humanidade, valores que nesta casa bebeu
Hoje ilustrando o currículo da maioria dos nomes citados, alguns com currículos um pouco mais detalhados na nossa página www.aaasvr.com deixaram a sua marca indelével no múnus que desempenharam...
Recordamos estas figuras para homenagear o nosso Seminário DITOSA CASA QUE TÃO ILUSTREs FILHOS DEU na área da justiça , como aconteceu emtantas e tantas outras áreas de actuação " ENSINO E EDUCAÇÃO, VIDA POLITICA E AUTÁRQUICA, CARREIRA MILITAR, ENGENHARIA, BANCA E SEGUROS, MÚSICA, ECONOMIA E GESTÃO, MEDICINA, CARREIRA EMPRESARIAL, LITERATURA, COMÉRCIO, SERVIÇOS, AGRICULTURA E OUTRAS ACTIVIDADES
Gostaríamos de poder ter a profissão de todos na relação actualizada de alunos Seria fácil, se todos actualizassem a sua ficha com nome , morada, profissão, telefones e email através de Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar para inserir na nossa página na net

Para terminar e no termo do nosso mandato quero dizer-vos que a nossa Associação vai continuar
Subscrevemos uma lista de continuidade, constituída por gente mais jovem e cuja direcção do Leme ficará a cargo do nosso companheiro José Manuel da Silva Moura e integrará ex alunos das décadas de cinquenta, sessenta, setenta e oitenta !!!!
Relativamente aos três anos de exercício temos a noção que ficámos muito aquém das nossas e das vossas expectativas
Criámos a nossa página na net que não foi o sucesso que pretendíamos, ser uma página sempre actual e cultural , parte por impotência da nossa parte. mas fundamentalmente porque houve um alheamento generalizado por parte dos associados
Organizamos as reuniões anuais e pouco mais ...
Os projectos ficaram no papel
Mas a maioria de nós integra os vários órgãos da lista que prossegue e vamos procurar ajudar a fazer o que ainda não foi feito ....
A todos MUITO OBRIGADO
Vila Real, 21 de Maio de 2011