Seminario Foto Antiga

Quem est em linha

Temos 1 visitante em linha

FALECEU O MANUEL FRANCISCO MOREIRA VAZ

Após internamento hospitalar,faleceu, no passado dia 7, o nosso amigo e companheiro Manuel Francisco Moreira Vaz, natural de Nogueira. Entrou no seminário no ano de 1956-1957. Foi companheiro António Francisco dias Vieira,João Gonçalves Moreira da Silva, José Joaquim Gonçalves Rosa, José Pereira Pinto de Castro, Manuel Barroso Magalhães, Manuel Fernandes Largo,Nicolau Guilherme de Sousa,Norberto Gonçalves da Silva, Normando Valongueiro Machado,entre muitos outros. Paz à sua alma.

Na imagem, ao centro, em conversa com José António e Norberto.

alt

A um anjo ouvi dizer A DIRECO DESEJA BOAS FESTAS
que o Natal A TODOS OS COMPANHEIROS
to singelo
e belo
elo
sem igual
de humanidade.alt

Se sentires fria
a noite
olha o cu
e escuta do universo
o grande silncio.
L
a luzir
h
uma uma estrela
sem idade
que conhecendo o sentir
do teu corao
por ti vela
sem exigir
qualquer condio.

DISCORRENDO SOBRE A F QUE NOS MOVE Parte I
24 e 25 de Novembro

Nestes dois dias, por iniciativa da UASP Unio das Associaes dos Antigos Alunos dos Seminrios Portugueses, na "Domus Carmeli", uma casa patrimnio da Ordem dos Padres Carmelitas Descalos, em Ftima, no decurso do seu V Frum animado pelo tema "O Acesso Experincia da F, Hoje!", se ouviram ali, bem protegidos da precipitao exterior, torrentes de palavras suaves, ainda que firmes, ordeiras e prometedoras, rumo ao reavivar e aprofundar a F de cada um,

Dizia o doutor Jos Milhazes, convidado para abordar uma "Leitura dos sinais dos tempos", antigo aluno do seminrio comboniano, o primeiro orador convidado, que "quanto mais culta a f, mais slida ela ", O modo em contraponto com o que por a se diz que o conhecimento, vai reduzindo a necessidade de religio.De facto, o orador afirmou que o que hoje importa a cultura, o conhecimento e a f.

Ainda na manh de sbado foi tempo de olhar para "A transmisso da F entre geraes" e escutou-se a afirmao da F, na perspectiva dos filhos, dos pais e dos avs .

Foi muito agradvel ouvir o testemunho de um antigo aluno, o dr. Fernando Capela, p alt ercorrer a escala da sua evoluo como homem de f, uma f compartilhada no seio da sua famlia onde despontou, aprofundou no seminrio e teve tambm uma fase de pr-divrcio, seguida de um curto perodo de divrcio quase total por alturas em que cursava direito em Coimbra, ainda que no tivesse perdido o contacto total com a igreja. Reaproximou-se depois e actualmente frequenta a igreja de novo e tem tempo para Deus, afirmando at que a melhor experincia que teve foram aqueles trs anos em que, j formado em direito, ministrou catequese aos midos. Concluiu que no sabe se um homem de f, mas tem a certeza que nos seus quarenta anos de vida Deus tem andado por ali.

Como agradvel foi ouvir a dr Maria Clara Oliveira, na perspectiva de educadora dos seus filhos, mas tambm dos seus alunos, que encontra frequentemente em Ftima, terra de F por excelncia o seu porto de abrigo. Tem educado os seus filhos na F em Deus, mas lembrou Madre Teresa de Calcut: "Os filhos so como as guias, ensinars a voar mas no voaro o teu voo. Ensinars a sonhar, mas no sonharo os teus sonhos. Ensinars a viver, mas no vivero a tua vida. Mas, em cada voo, em cada sonho e em cada vida permanecer para sempre a marca dos ensinamentos recebidos".

Para terminar a manh de sbado, escutou-se o dr. Jos Lus Ponte a falar da "Transmisso da F na gerao dos avs" : Se os familiares transmitem a f, ento o que falta? Falta os educadores abordarem as questes com firmeza e exigncia. Invocou Daniel Sampaio e a sua obra "A razo dos avs", segundo o qual so os avs que tm disponibilidade para educar os netos com prazer, no por dever ou misso. Os avs trazem as tradies e os rituais caractersticos das geraes que desapareceram, so um tesouro que no podem ser roubados s geraes.

A.V(Uasp)

V Frum da UASP
O acesso experincia da f, hoje!
24 e 25 Novembro de 2018
Domus Carmeli Ftima
Organizao: Direco da UASP em parceria com as Associadas
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar | www.uasp.pt | Facebook/UASP
PROGRAMA
Sbado, dia 24
09h00 Acolhimento
09h45 Abertura do Frum
10h00 Leitura dos sinais dos tempos: dificuldades e oportunidades que a cultura actual oferece
na comunicao da F, por Jos Milhazes (AAComboniano)
10h45 Dilogo
11h00 Pausa
11h30 A transmisso da f na gerao
11h40 ... dos avs, por Jos Lus Ponte, (AASASB)
12h00 ... dos pais, por Manuel Leite (AASEspiritano)
12h20 ... dos filhos, por Fernando Capela (AASVReal)
12h40 Dilogo
13h00 Almoo
15h00 Pela Palavra, "O Pai que est nos cus vem amorosamente ao encontro de Seus filhos, a
conversar com eles" (DV 21), por D. Manuel Pelino
15h45 Dilogo
16h00 Pausa
16h30 A Palavra anunciada e testemunhada pelas comunidades crists
16h40 ... Catlicas, por Ir. Isolinda Tavares de Almeida
17h00 ... Ortodoxas, por Pe. Dmitriy Tkachuk
17h20 ... Reformadas, por Timteo Cavaco
17h40 Dilogo
19h30 Jantar
21h00 A Palavra celebrada com "arte e com alma", Celebrao/concerto pelo Coral Cantabo,
dirigido por P. Artur Oliveira
Dia 25 Domingo
09h00 Pequeno-almoo
09h30 A Palavra acolhida que se faz vida, por Pe. Pedro Ferreira, Provincial OCD
12h00 Missa
13h00 Almoo